revistalusofia@gmail.com / ENS en Lenguas Vivas "Sofía Spangenberg" / 011 4807-2966 / Juncal 3251- Buenos Aires, Argentina

  • Sitio Spangenberg
  • Facebook del Profesorado
  • Canal de YouTube LuSofia
  • Instagram del Profesorado
  • Facebook de LuSofia
  • Twitter de LuSofia

Maior tecnologia, menor capacidade?

1/6
Please reload

Língua, Literatura e Tradução: uma visita à obra de Mia Couto

No presente texto as professoras Graciela Inés López Vázquez e Diana de Castro Atagiba compartilham um convite para participar do projeto Oficina de Língua e Literatura Moçambicana e Tradução a partir da obra do autor Mia Couto.

Língua, Literatura e Tradução:

Uma visita à obra de Mia Couto.

 

Por Graciela Inés López Vázquez & Diana de Castro Atagiba

 

"Traduzir é ser um leitor privilegiado. A leitura como tradutora do livro que se lê é mais específica, mais dinâmica, mais cautelosa aos elementos do significado, ao estilo... Um tradutor é um leitor muito atento”.

 

Rosa Martínez Alfaro, tradutora para o espanhol da novela de Mia Couto: A Confissão da Leoa.

 

 

Gostaríamos de contar-lhes a respeito do projeto que temos criado, e almejamos que possa seguir ampliando-se no tempo. Este projeto é uma Oficina de Língua e Literatura Moçambicana e Tradução, a partir da obra de Mia Couto. Mergulharemos na literatura contemporânea africana deste afamado autor, analisando sua obra dentro do contexto cultural, histórico e social. Como também resgataremos o rico vocabulário dessa região do mundo, além das criações linguísticas particulares do autor.

 

Esta oficina tem como um dos objetivos a reafirmação das competências escritas e orais a partir, nesta primeira instância, de poemas inéditos de Mia Couto. Como também o será o intuito de consolidar a comunicação oral e escrita, a qual implica uma série de processos cognitivos que devem ser estimulados por meio do conhecimento da Língua Portuguesa e da Análise Literária.

 

Também é alvo desta oficina reforçar as habilidades básicas da língua (escutar, falar, ler e escrever) que tenham sido adquiridas em anteriores disciplinas e a aquisição de técnicas de tradução, a fim de aplicá-las nos poemas de Mia Couto.

 

Acreditamos também que contribuirá ao desenvolvimento da estratégia “aprender a aprender”, a qual implica em habilidades para a própria aprendizagem de maneira autônoma, significativa, crítica e criativa; navegar dentro do conhecimento literário e cultural amplo; melhorar as habilidades para trabalhar, tanto individualmente, como dentro de uma equipe, e ser, em fim, partícipes ágeis do processo de ensino e aprendizagem.

 

Tal e como aparece na página oficial do autor, esta oficina almeja e propõe “emoldurar e difundir a poesia cravejada em sua prosa, bem como a sensibilidade explicitada em seus versos, na esperança de que um total ré-encantamento mais cedo nos possa advir”. (https://www.miacouto.org)

 

“Os poemas de Mia Couto são, antes de tudo, reflexivos e filosóficos. [...] Abordam o ser e a incompreensível dor do existir. Inspecionam as dificuldades de viver. Trata-se de uma poesia que, sem se pretender didática, entra em sincronia com as perguntas que nos fazemos desde o nascimento”. (José Castelo, jornalista e escritor na apresentação do livro “Mia Couto: poemas escolhidos” da editora Companhia Das Letras).

 

A partir da leitura dos poemas refletiremos sobre os ideais filosóficos, sentimentos, emoções e conhecimentos culturais do escritor moçambicano, e assim poder-se-á desenvolver uma consciência crítica da realidade que nos cerca e o interesse pela cultura e pela literatura da Língua Portuguesa e suas diferentes expressões culturais.

 

Confiamos que estas linhas tenham sido empolgantes para você e possa acompanhar às professoras Diana e Graciela nesta travessia de descoberta do mundo moçambicano através dos olhos de Mia Couto. Começaremos na segunda-feira 30 de setembro, das 18h00 às 20h00, na sede da UnSaM, Manuel Belgrano 3563 (Peatonal Belgrano), San Martín. (http://noticias.unsam.edu.ar/2019/08/30/lengua-literatura-y-traduccion-una-visita-a-la-obra-de-mia-couto/)

Diana de Castro Atagiba

Professora de Língua Portuguesa e de Literatura Brasileira e Portuguesa.

Pós-graduação em Educação.

Mestranda em Educação na FUNIBER

Professora de Português no Beckett Estudio, Centro Universitário de Idiomas (CUI), Incompany e no Programa de Lenguas da UnSaM

 

Graciela Inés López Vázquez

Professora de Português pelo Instituto Lenguas Vivas Juan Ramón Fernández

Coordenadora, Consultora e Professora de Português do Programa de Lenguas da UnSaM

Tradutora Literária -Free-lancer, para ACES – Asociación Casa Editora Sudamericana e SAFELIZ Editorial.

Please reload

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now